Dor Orofacial Você tem algum relacionamento com Fibromialgia?

Você tem Fibromialgia e sua mandíbula machuca o movimento? Você também sofre de dor de cabeça e dor de garganta? Continue lendo

ORofacial O QUE É DOR OROFACIAL?

A zona orofacial inclui a boca e o rosto (que inclui nariz, orelha, pescoço e cabeça). A dor nessa parte do corpo pode ser causada por várias patologias, mas com mais freqüência é causada por alterações na oclusão dentária.

Outras causas podem ser traumatismo craniofacial, alterações psicológicas e doenças como Fibromialgia.

Qual é a sua relação com a fibrofomia?

Um estudo descobriu que a dor orofacial é mais comum em pessoas com fibromialgia, em comparação com as pessoas que não possuem essa doença.

Foram avaliados 25 pacientes com diagnóstico de fibromialgia e 25 pessoas “saudáveis”. Os participantes que tiveram Fibromialgia tiveram mais queixas de dor na cabeça, pescoço, ao mastigar e mover a mandíbula.

No estudo concluiu-se que a dor orofacial, incluindo distúrbios temporomandibulares, pode ser outro sintoma de Fibromialgia ou uma condição associada a esta doença.

Estima-se que até 90% dos pacientes com Fibromialgia podem desenvolver desconforto facial e mandibular relacionado a músculos e ligamentos correspondentes à articulação temporomandibular.

Os problemas do sono, como o bruxismo (apertar os dentes ou fazê-los moer), bem como distúrbios do sono, são sintomas associados a dor orofacial e fibromialgia.

COMO SABE UMA PESSOA COM FIBROMIALGIA E DOR OROFACIAL?

Uma pessoa com fibromialgia e dor orofacial pode apresentar sintomas como dor, fadiga, distúrbios do sono, dificuldade em abrir a boca, entorpecimento e sensibilidade ou queima no rosto.

Pessoas com Fibromialgia podem sofrer dor nos músculos do pescoço, ombros, costas, face e cabeça.

A tontura e os distúrbios do sono podem ser um sintoma de ambas as condições.

COMO É PREVISTO?

Pessoas com fibromialgia podem prevenir a dor orofacial fazendo exercícios de mandíbula como movimentos para a frente, ambos os lados e abrindo e fechando a boca.

Também é vital tomar um tratamento, controle e cuidado de infecções bucais, sem esquecer de controlar o estresse, ansiedade e depressão.

A higiene oral nunca deve passar despercebida, mais para os pacientes com fibromialgia, escovar os dentes após cada refeição, usar fio dental, visitar o dentista freqüentemente e, o mais importante, controlar a doença.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!